Fale com nosso vendedor pelo whatsapp
13 99759 4577
(13) 3226-1555
Acompanhe-nos nas redes sociais:
(13) 3226.1555
Como chegar

Linha Citroën 2021

Consórcio
Conheça as condições
Acessórios
Faça o seu pedido
Oficina Citroën
Faça o seu
agendamento
Seminovos
Veja as opções

Notícias

09/03/2021
Projeção: Novo Citroën C5 será um crossover misturando sedã, perua e SUV
Enquanto a Peugeot irá apostar novamente nos sedãs com o incrível 508, a Citroën, sua marca-irmã, seguirá um caminho diferente. A marca já iniciou os testes de um carro que irá substituir o finado C5, que saiu de linha em 2017, porém não será um novo sedã, mas sim uma mistura de sedã, perua e SUV em uma única carroceria, além do típico visual excêntrico da empresa. A Citroën fez o mesmo que as outras fabricantes, cada vez mais obcecadas em transformar seus carros em crossovers e SUVs, fazendo com que o novo C5 seja mais alto e tenha apliques de plástico nas caixas de rodas. As projeções do site russo Kolesa utilizam um pouco do que vimos nos flagras para adiantar como deve ser o design do carro. Da frente até a coluna C, o novo C5 parece até um sedã normal, mas a linha do teto cai gentilmente até a traseira para uma tampa do porta-malas bem grande, aumentando a praticidade. Parece um pouco com um cupê, mas longo como uma perua, em uma mistura estranha que a Citroën tentará vender como algo único. Talvez o único carro parecido com isso atualmente seja o Volvo S60 Cross Contry, mas mesmo o modelo sueco é um sedã aventureiro e com uma altura em relação ao solo maior. A terceira geração do C5 usará a mesma plataforma EMP2 de seu antecessor e do C5 Aircross - aquele SUV médio que deveria ter vindo ao Brasil. Em entrevista à revista Auto Express, Laurence Hansen, diretor de produto e estratégia da Citroën, descreveu o veículo como sendo "muito diferente, muito confortável e um grande carro." Também compartilhada com o novo Peugeot 508 e o sedã DS9, a plataforma EMP2 permite eletrificação, então há uma grande chance de que o novo C5 tenha um sistema híbrido plug-in. É possível até que a marca mexa um pouco na arquitetura para que tenha uma variante totalmente elétrica. A apresentação oficial do novo Citroën C5 deve acontecer nos próximos meses, antes do início das vendas previsto para o final do ano. Enquanto o C5 anterior teve uma versão perua, o sucessor deve ter somente uma carroceria já que está misturando os elementos de diversos carros. A Citroën já mencionou que fará uma variante chinesa levemente alterada, para atender aos gostos locais. Fonte: Motor 1
Ler mais
08/02/2021
Novo SUV da Citroën será lançado no Brasil no segundo semestre de 2021
A fábrica da Peugeot e Citroën de Porto Real (RJ) está comemorando 20 anos de operação. Desde 2019, a fábrica está sendo atualizada para a produção de modelos na plataforma CMP, a mesma do Peugeot 208 produzido na Argentina, e os efeitos deste investimento de R$ 220 milhões começarão a ser vistos no segundo semestre deste ano.  No comunicado de celebração dos 20 anos da fábrica, a Stellantis (união de FCA e PSA concretizada em 2021) anunciou que "o primeiro modelo da nova família produzido em Porto Real será lançado no segundo semestre deste ano". A nova família citada é da Citroën, de modelos desenvolvidos para mercados emergentes, como Índia e Brasil, e o primeiro deverá ser um SUV pequeno chamado até então de C3 Sporty.  O SUV já roda em testes no Brasil. Na Índia, tem até data de lançamento: em novembro. Podemos esperar uma apresentação praticamente simultânea nos dois países que produzirão o modelo que terá menos de 4 metros de comprimento, uma exigência no mercado indiano para entrar em uma alíquota menor de impostos. Por aqui, se posicionará abaixo do Citroën C4 Cactus com um porte de Honda WR-V e esperando concorrentes como o Nissan Magnite e o Renault Kiger, além de um provável modelo da Volkswagen.  O projeto "Smart Car" ainda inclui um hatch e um sedã, mas estes ainda não foram vistos em testes. É uma retomada da marca francesa que anda apagada no Brasil. Sobre o C3 Sporty (ou seja lá qual for o nome que será utilizado), deverá ter o motor 1.6 aspirado já conhecido da PSA com câmbio manual de 5 marchas e automático de 6 marchas - ainda é cedo para ver os Firefly da Fiat/Jeep nesses modelos, a não ser que alguma surpresa aconteça. A informação chega em um momento importante para a fábrica de Porto Real (RJ). Com a Stellantis, ainda não se sabia como ficaria a operação da planta ou sobre os planos da Peugeot e Citroën, que vivem um momento turbulento no país, com poucos modelos disponíveis nas lojas e vendas em baixa.   Fonte: Motor1
Ler mais
Veja toda as notícias

Empresas do Grupo

Citroën
Rua da Constituição, 518
Vila Matias - Santos - SP
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa política de privacidade.
Saiba mais
Estou de acordo